A+ A-

O Governo da Região Administrativa Especial de Macau presta a maior atenção à segurança dos estudantes de Macau que estão a estudar no Reino Unido.

  Depois de tomar conhecimento do ataque terrorista ocorrido junto ao Parlamento Britânico, em Londres, o Gabinete de Apoio ao Ensino Superior, activou, imediatamente, o mecanismo de emergência, destinado a entrar em contacto com os estudantes, que estão a estudar no Reino Unido, e com a “Associação de Estudantes Ultramarinos de Macau em Londres, no Reino Unido”, para que confirmasse a segurança de todos os estudantes de Macau que agora estão a frequentar os seus cursos nesse país.

  Segundo sabemos, há sete estudantes, das instituições do ensino superior de Macau, que estão a estudar e a fazer intercâmbio no Reino Unido. Para além disso, conforme os dados de registo, relativos ao projecto “Subsídio para aquisição de material escolar a estudantes do ensino superior”, do ano lectivo de 2015/2016, há 749 estudantes de Macau que estão no Reino Unido. O GAES, em nome do Governo da RAEM, já contactou as instituições do ensino superior de Macau e com a Associação, acima referida, enviando, ainda, e-mails, no sentido de expressar lhes a sua solidariedade e atenção, apelando aos estudantes para se manterem vigilantes e sempre atentos à sua segurança. Em caso de emergência, poderão contactar, para qualquer ajuda, com a Embassy of the People's Republic of China in the United Kingdom of Great Britain and Northern Ireland, e com o Gabinete de Gestão de Crises do Turismo.

  O Governo da RAEM vai continuar a acompanhar de perto a situação no Reino Unido, mantendo-se, também, em contacto com os estudantes, para lhes proporcionar uma assistência atempada.

bg 1220